Joel Latner

Por Selma Ciornai

Colegas, recebi a noticia que Joel Latner faleceu.

Talvez alguns de nós o tenha conhecido pessoalmente, eu particularmente estive com ele em congressos  da AAGT em São Francisco e no México . Mas, ele se tornou conhecido no Brasil pelo debate que travou com Yontef sobre o conceito de self  nos anos 80 , foi um dos primeiros a pensar em pontes entre a teoria quântica  e o conceito de campo em Gestalt terapia. Escreveu um livro também, “ The Gestalt therapy Book”  , publicado em 1972, que  creio algumas pessoas aqui têm. Uma gestlat-terapeuta inglesa pinçou um trecho  deste livro que está circulando na comunidade Gestáltica internacional , sugerindo que apareça como seu epitáfio. Achei emocionante , e  me deu vontade de compartilhá-lo com vocês,  com uma tradução improvisada, pois é realmente muito especial  e dá o que pensar:

Terapia é um processo de condensar cada vez mais nosso próprio potencial e o potencial do resto do campo . Em nossos termos, esta direção é no sentido da última gestalt… nos estágios mais avançados deste processo estamos abraçando a nós mesmos e ao cosmos. A Gestalt é : eu e o universo somos um. A totalidade de mim e a totalidade das  infinitas atividades e das energias ao meu redor, pessoas e coisas, tudo junto,  formam uma única figura. Nada é excluído… A última gestalt é apreender isto visceralmente, corpo, mente e espírito, nas profundezas  do nosso ser,  sem deixar nada fora”  Latner, J.(1972) The Gestalt Therapy Book, 194-195.

0 Comments

Add Your Comment: